distribuidores para canal horecacanalhorecaportugal

Queijos Semi Macios

CASCA FINA E SECA A PEGAJOSA E ALARANJADA – SUAVE A FORTE – ESPONJOSO A LIQUIDO

 

Os queijos semimacios variam mais na aparência e textura do que qualquer outro tipo de queijo, mas podem ser divididos em dois estilos.

Os queijos de casca seca são curados devagar e alternam entre flexíveis, macios, doces com aroma a frutos secos e com casacas quase inexistentes, até queijos esponjosos, florais e fortes com cascas duras e espessas.

Quando são feitos com leite de cabra são suaves, com um aroma a frutos secos e a maçapão. Os que tem casca laranja pegajosa chamam-se queijos de casca lavada, são mais macios e têm um sabor e aroma intenso a campo, a fumo e até a carne.

Tendem a ser granulados, sendo mais macios logo debaixo da casca quando jovens.

 

Características especiais:

 

Todos os queijos semimacios são lavados em água salgada para retirar os bolores indesejáveis. Os queijos de casca seca podem desenvolver uma casca fina com um aspecto relativamente simples, ou um colorido revestimento de bolor cinzento, salpicado com bolores vermelhos, amarelos e brancos, sobre uma casca rugosa rosada.

Os exemplos de casca lavada, que são regularmente lavados , têm desde casca húmidas pegajosas até vermelho-acastanhadas.

 

Como se fazem:

 

Os queijos semimacios são lavados de diferentes manieras, originado tipos de casca diferentes. Os que são mergulhados em água salgada por algumas horas ou dias. Depois são deixados a secar desenvolvem uma casca que varia entre pálida a quase inexistente, até dura e rosada. Borrifar o queijo cria uma casca fina pegajosa e alaranjada, como Stinking Bishop que se torna mais pegajosa e mais brilhante com lavagens mais frequentes.




1. Junta-se o coalho ao leite para o coagular, juntamente com a culura bacteriana de activação, este separa o coalho do soro. 2. as formas perfuradas deixam o soro escorrer do coalho, embora alguns queijos semimacios possam ser levemente prensados 3. Depois de retirado da forma é atado com uma trira fina de madeira e lavado a mão com uma mistura de agua salgada e perry (vinho de pêra).


 
4. Qualquer bolor branco que cresça é retirado pelo processo de lavagem e, depois de cinco a seis semanas, a casca torna-se muito macia. 5. O queijo final desenvolve uma casca fina, dourada e pegajosa, e a textura é tão macia que literalmente escorre quando se corta.  

 

 

Como Degustar

 

AO NATURAL: os queijos semi-macios suaves como o edam ou o havarti são queijos típicos de pequeno-almoço enquanto as variedades mais fortes são essenciais em qualquer tabua de queijos.

COZINHADOS: os queijos de casca seca são soberbos quando grelhados porque a textura malevel estica, mas mantém a forma – pela mesma razão não são indicados para molhos. Os queijos de casca lavada, no entanto derretem muito bem em molhos, embora fiquem muito líquidos. Cozinhados inteiros, são uma entrada óptima.

COM BEBIDAS: os queijos mais suaves precisam de um Chardonnay, um tinto leve como o Merlot, ou cerveja, porque os vinhos mais ácidos fazem o queijo parecer mais azedo. Os queijos de casca lavada são óptimos com cerveja, sidra, e vinhos de uvas mais doces, como o Riesling ou o Gewurztraimeiner, que realçam o caracter frutado, doce e floral escondido por baixo do seu aroma e sabor campestre.

 

 

 

 

  
Queijos Semi Macios

 

 

 

 

 

O Mercado dos Queijos

Com cerca de 200 referências de quejios de mais de 50 produtores industriais com fornecedores, o Mercado dos Queijos está idealmente posicionado para ser o especialista de quejos em Portugal. Ver mais..

Sabemos de queijo

Uma actividade presente em todos os segmentos do mercado do queijo, que nos leva à posição de líder em Portugal, em constante crescimento e inovação para oferecer sempre o melhor.